segunda-feira, 1 de junho de 2015

Casa de Leilão Tracks vende raridades do rock



A Tracks Ltd é uma casa de leilões da Inglaterra especializada em memorabilia pop e rock. Quem é cuidadoso e guarda material antigo e/ou tem material raro se dá bem. A caixa original do álbum Lei It Be, dos Beatles, com o LP e um livro de 160 páginas com texto e centenas de fotos das gravações está cotado a até 500 libras Existem muitos outros itens com preços fixos  ou abertos a lances. Se rico fosse, seria cliente da Tracks para montar meu próprio museu de memorabilia rock. Abaixo alguns deles:


Por 125 libras leva-se esta foto original em boas condições da entrevista coletiva dos Beatles no aeroporto Speke de sua cidade natal, Liverpool, em 10 de julho de 1964. Já estavam em pleno turbilhão da Beatlemania e foram lá para a premiére do filme A Hard Day's Night. A foto tem 30,2cm por 24cm.


O baterista Ringo Starr, dos Beatles, teve amidalite e faringite, a banda tinha uma turnê marcada e a solução foi contratar o baterista profissional Jimmie Nicol, na foto numa aparição na Vara TV. Fizeram shows na Holanda nos dias  cinco e seis de junho de 1964. Foto  com 18 por 24 centímetros, em boas condições. Preço: 175 libras

Duas fotos raras  de John Lennon e George Harrison em 1974 no Troubadour Club em West Hollywood, Califórnia. Ao que parece John está de porre. Foi no período em que Yoko Ono pediu um tempo no casamento em outubro de 1973 numa separação que foi até março de 1975. John chamou esta  época de "o fim de semana perdido," disse que se sentia como uma galinha sem cabeça, mas farreou muito, tomou altos porres no Troubador com o cantor Harry Nilson e outros e chegou a ser expulso uma noite por perturbar demais. Mais adiante em entrevista ele disse que a separação não tinha dado certo. A foto é desse período. A segunda é de John com o baterista Jim Keltner, que tocou com ele na fase solo. Na parte de trás tem um papel colado em que está escrito a caneta: "Jimmy Lee Keltner and Dr. Winston O'Boogie...now don't get real on me..." Fotos de 16,5 por 11,5 centímetros a primeira e 15 por 22,5 centímetros a segunda. Em boas condições a 295 libras. 


A figura de um gnomo que estava na montagem feita para a capa do álbum Sgt Pepper's autografado pelos Beatles na parte de trás para Nigel Hartnup, assistente do fotógrafo Michael Cooper, dono do estúdio onde o artista Peter Blake montou o cenário para a sessão de fotos que rolou no dia 30 de março de 1967. Aberto a lances.

 




Este é engraçado. Um cartaz de uma Batalha de Bandas que rolou no Palais Ballroom em Aldershot, 60 quilômetros a sudoeste de Londres no sábado, nove de dezembro de 1961. Os Beatles enfrentaram a mundialmente desconhecida Ivor Jay and The Jaywalkers. Levaram nove horas de van de Liverpool a Aldershot e, na hora do show, a casa estava vazia. Daí os Beatles e a outra banda foram a alguns bares avisar que tinha o show e era de graça e só conseguiram convencer 18 pessoas. Nem houve a batalha, os Beatles tocaram como se o  lugar estivesse cheio. No sábado seguinte, apareceram  210 pessoas mas o pesquisador Mark Lewisohn não dá mais informações em seu livro The Complete Beatles Chronicle.
 
Por 250 libras uma foto dos Beatles em Miami, onde estiveram de 14 a 21 de fevereiro de 1964 na primeira viagem aos Estados Unidos para se apresentar no Ed Sullivan Show. A primeira apresentação foi dia nove em Nova York e a segunda dia 16 em Miami. Depois de alguns dias de descanso voltaram para Londres via Nova York. Desta vez foram apenas dois shows, no Washington Coliseum e no Carnegie Hall. Foto de 26 por  20,2 centímetros.

 

Um cartaz do concerto dos Rolling Stones no Odeon Theatre em 17 de março de 1965 está aberta a lances.





Também aberta a lances os autógrafos dos Rolling Stones em 1968, por um fã não identificado. Ele conta numa carta anexa que morava na aldeia de Swarkestyone em Derbyshire, interior da Inglaterra. Num dia ensolarado de verão estudava em casa quando um amigo ligou chamando-o para ir ver os Stones: "Eles estavam na região para fotos do LP Beggar's Banquet. Fomos até as margens do Rio Trent e tive sorte de conseguir todos os autógrafos." 

 

 

Uma fita cassete pelo guitarrista Ry Cooder e uma carta manuscrita enviadas por George Harrison para a cantora Sylvia Grifin e para a engenheira de som Renate Blaiuel (que foi casada por quatro anos com Elton John) para que elas ouvissem o acordeom em uma das músicas que ele tinha comentado. Diz que não é o tipo de música que elas gravavam, mas mandou assim mesmo. George tocou slide guitar no single Love's A State Of Mind de  Sylvia.

2 comentários:

  1. Muito boa, a matéria. Infelizmente vivemos dias de escolhas difíceis. Eu gosto bastante de posteres e, se fosse possível, montaria uma coleção deles... mas terei que me contentar com alguns objetos do Rock In Rio mesmo... é, sei o que está pensando e te dou razão, é pensar pequeno mesmo. Mas, quem sabe? Um dia, talvez... :)

    ResponderExcluir
  2. Queria vender um livro de 1792 queria a ajuda de alguém para leiloar ele Whatsap 11 98598-9493

    ResponderExcluir