quarta-feira, 29 de julho de 2015

Quadrophenia clássica, James Taylor, Nova Guarda de Lafayette e os Tremendões

Registro aqui alguns lançamentos, não  são críticas porque ainda não tive tempo de escutar, mas informações e um registro de que estão disponíveis no Brasil, no caso dos gringos, claro. Além desses tem ainda  o novo álbum de Leoni Notícias de Mim e um álbum ao vivo da banda Uns e Outros.

James Taylor - Before This World




É o primeiro álbum com material próprio desde October Road, de 2002. Ele gravou no celeiro de sua propriedade no estado americano do Massachusetts, acompanhado pelo grande Steve Gadd na bateria e o velho companheiro Jimmy Johnson no baixo. James pilota seu violão e sua voz continua segura em canções cheias de reflexões após esse longo período de 13 anos. Ele achava que nunca mais gravaria um álbum, a inspiração lhe fugiu, mas finalmente voltou. O álbum estreou em primeiro lugar na América em junho, num impulso inicial mas, agora, no final de julho, está em 40º lugar. Lançamento Universal Music.


Classic Quadrophenia Pepe Townshend, convidados e a Orquestra Filarmônica Real e o Coral Oriana




Esta nova versão da ópera rock lançada por The Who em 1973 pretende agradar aos ouvintes de música clássica. Achei estranho Townshend ter aberto mão do vocalista de sua banda, Roger Daltrey. Os vocais estão a cargo do tenor clássico Alfie Boe e a orquestração por Rachel Fuller, partner de Townshend, com a condução a cargo do maestro Robert Ziegler.
Foi gravado em outubro de 2014 nos Air Studios, Londres, teve um performance em cinco de julho último no Royal Albert Hall e o lançamentos foi em junho pela Deutsche Grammophon, no Brasil pela Universal Music.

Nova Guarda - Lafayette e os Tremendões




Esta banda se formou em 2004 quando Gabriel Thomaz (Autoramas) desencavou o grande tecladista da Jovem Guarda Lafayette e o convidou a fazer parte dos Tremedões, uma banda paralela dedicadas a covers da Jovem Guarda. Em 2009 lançaram o álbum As 15 Super Quentes de Lafayette e os Tremendões com regravações dos anos 60. Agora tiveram a ideia de um repertório próprio no estilo da Jovem Guarda com 10 faixas. Ouvirei e falarei depois. A banda tem Lafayette (teclados), Erika Martins (voz), Gabriel Thomaz (guitarra e voz), Renato Martins (guitarra e voz), Melvin Ribeiro (baixo e voz) e Nevoso (guitarra e voz). Lançamento da gravadora Discobertas.

Um comentário:

  1. Já ouvi duas faixas de Quadrophenia Classico. Demais! Curioso para ver a crítica especializada. Abraço.

    ResponderExcluir