segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Lançamentos na gringa: Caixas em vinil de Amy Winehouse e Neil Young. Litografias dos Rolling Stones


Fãs de Amy Winehouse podem pedir ou até se presentear no Natal com a caixa The Collection, a ser lançada em 11 de dezembro com oito LPs de 180 gramas, uma litografia e uma série de fotos inéditas das sessões para os discos dela. Vi o preço em duas lojas americanas online. Na Music Direct está a 150 dólares e na Amazon a 199 dólares.  A caixa contém três álbuns de estúdio Frank (dois volumes num total de 14 faixas), Back To Black e Lioness - Hidden Treasures, que inclui The Girl From Ipanema, em dois volumes num total de 11 canções. Outros dois volumes contem o concerto gravado ao vivo no Shepherd's Bush Empire, Londres, em 2007, lançado antes em DVD. O último contém músicas das BBC Sessions, do iTunes Festival e uma acústica, You Know I’m No Good, gravada para o Napster.

Rolling Stones para pendurar na parede



Os Rolling Stones lançaram três litografias de capas de seus álbuns com autógrafos na moldura acompanhadas por uma edição do álbum em vinil branco. Apenas 2500 cópias de cada a 255 dólares. A primeira é do álbum Get Yer Ya-Ya’s Out, de 1970, ao vivo na turnê de 1969 que gerou o filme Gimme Shelter e contém a melhor performance dos Stones lançada. Tem Mick Taylor em grande forma, com o upgrade que ele deu no som da banda. É considerado um dos melhores álbuns ao vivo da história do rock, mas teve muita coisa regravada em estúdio.



A segunda é do álbum 12 x 5, lançado apenas na América. A gravadora London, subsidiária americana da Decca britânica, misturava singles com faixas tiradas dos álbuns britânicos de 14 faixas para fazer outros LPs e faturar algum, muito algum. A base do disco é um EP britânico chamado Five By Five, esticado com outros singles e faixas do álbum britânico The Rolling Stones Nº 2 para 12 faixas, tocadas pelos cinco Stones, daí o título 12 x(por) 5.




A terceira litografia é do álbum Let It Bleed, de 1969, a despedida do fundador Brian Jones, demitido por estar inoperante devido ao excesso de drogas, e a entrada de Mick Taylor. É um álbum de sonoridade limpa e refinada, ao contrário de Beggar’s Banquet (1968) que o antecedeu e de Sticky Fingers (1971) e Exile On Main Street (1972) que o sucederam.

Caixa de Neil Young





O grande Neil Young vem levando seus fãs à loucura – e à falência – com os lançamentos de seus arquivos. Já saíram cinco caixas, 12 volumes da Performance Series e 13 volumes da Ofical Release Series. Agora é a vez de um volume da série Performance com 4 vinis previstos para novembro. A caixa  Bluenote Café traz 23 performances da turnê do álbum This Note’s For You, incluindo sete inéditas: Soul of a Woman, Bad News Comes to Town, Ain't it the Truth, I'm Goin', Crime of the Heart, Doghouse, Fool for Your Love, mais uma versão de 19 minutos de Tonight's the Night. Vendida a 90 dólares nas lojas online da América.

Um comentário: