domingo, 30 de outubro de 2016

Moska e Suricato lotam o Circo Voador em estreia de parceria

Fotos de Cleber Junior.

Todo mundo espera alguma coisa de um sábado à noite. Eu esperei e vi um grande show, Moska e Suricato no Circo Voador. Euforia de casa lotada, espetáculo nos trinques, mas era um sábado especial. Neste domingo o Rio escolheu o novo prefeito. O coro do povo entoado várias vezes não deixou dúvida: Freixo 50. Moska gritou do palco e incluiu uma canção sintomática que não estava prevista no setlist: Último Dia. E realmente foi: O bispo da Universal levou a eleição.


Moska

"O que você faria se só te restasse um dia? Se o mundo fosse acabar, me diz o que você faria?” O povo cantou junto e se divertiu muito no aconchego típico do Circo que une palco e plateia em comunhão. O entrosamento foi perfeito, Rodrigo Suricato e Moska cantaram sem ler letras das canções do outro,  Moska encorpou o som do Suricato tocando guitarra em algumas canções, violão em outras e nada em muitas. “Olha o que o Rodrigo faz comigo,” brincou Moska ao empunhar uma Strato. Rodrigo: “John Mayer” e Moska rebate: “John Meio”. A alegria que os dois demonstraram no palco contagiou a plateia que cantou músicas deles a plenos pulmões.



O repertório foi bem dividido, 10 músicas de cada um. Depois de duas horas de esquenta com a discotecagem de Luck Veloso e André Luiz Costa da Rádio Cult FM Ponto Com, o start foi à meia noite e oito, com Somente Nela (Moska) acompanhado pela plateia. Quem conhece bem as apresentações de Moska ao vivo (não é o meu caso) achou que ele ganhou muito ao se associar à sonoridade do Suricato, uma banda afiada com muito punch, principalmente pelo virtuosismo da dupla Rodrigo Suricato e Guilherme Schwab. Este último se reveza em guitarra, viola, violão weissenborn, gaita e o poderoso instrumento aborígene australiano didgeridoo. 



DJs Luck Veloso (E) e André Luiz Costa

A segunda canção, Bom Começo (Suricato), teve uma abertura de quatro vozes a capella e mais de mil na plateia, a banda se calou, o povo cantou para eles e foi em frente no restante da música. Estava na cara que a noite ia ser boa. A seguinte, também Suricato, Diante De Qualquer Nariz se destaca pela boa melodia, Rodrigo tem feeling para as melodias, um trunfo em canções populares, além de letras inspiradas. 


Rodrigo Suricato

Efeitos retumbantes abriram Lágrimas de Diamantes, de Moska, outra favorita da plateia com excelente solo de Rodrigo numa Strato. Inseparáveis (S) teve o colorido dos timbres da viola de 10 cordas e do didgeridoo por Guilherme e uma citação de Metamorfose Ambulante, de Raul Seixas. A Seta e o Alvo , outra favorita de Moska, teve um arranjo pesado e mais um solo no capricho de Rodrigo, além do coro da plateia.


Guilherme Schwab

Suricato preencheu um escaninho vazio no Rock Brasil, o da folk music de bandas como Byrds, Tom Petty e Wallflowers com grande aceitação de público desde que se revelou na primeira edição do Superstar. A união com Moska foi uma ideia genial, ele também no mesmo estilo, um projeto que deve encher casas pelo Brasil como aconteceu no Circo. Quantas Vidas Você Tem (M) e Um Tanto (S) tiveram o belo colorido slide  do weissenborn (violão havaiano) pilotado por Guilherme, na segunda com uma citação de Give Me Love (Give Me Peace On Earth), de George Harrison.


r
Raphael Romano, atrás Moska e Guilherme e Rodrigo (D)

Bobagens (S) teve levada bem roots com o baterista Pompeo Pelosi na tábua metálica de lavar roupa (washboard), o baixista Raphael Romano na escaleta, Moska na voz, Rodrigo no violão de seis e Guilherme soltando frases na guitarra Les Paul.


JR Moraes (percussão), Moska e Rodrigo

Rodrigo e Moska cantaram sozinhos, com violões, Sem Dizer Adeus com o reforço da plateia e citações de Every Little Thing She Does Is Magic, do Police e de Rapte-me Camaleoa, de Caetano Veloso. Eu Não Amo Todo Dia e Trem, duas bem conhecidas de Suricato, foram uma festa de palco e plateia com direito a citação de Brasil, de Cazuza, George Israel e Nilo Romero, este marcou presença no Circo.

Rodrigo e Moska trocaram gentilezas na hora  de Pra Tudo Acontecer, música de Rodrigo, letra de Moska, falaram de valores como amor, verdade e amizade para uma canção que fala de esperança, recomeço e de apreciar o doce da vida, deixando o amargo para trás.


Guilherme Schwab

Guilherme teve o seu momento quando tocou, ao mesmo tempo, o didgeridoo e o weinssenborn  (uau!) com Baião e Asa Branca em instrumental slide e, com a volta da banda, Quando a Maré Encher, da Nação Zumbi.



Talvez (S) encerrou os trabalhos a 1h22m, aquela manha de sempre do falso final. Na volta para o bis Tudo Novo De Novo e Nada Mudou (M), esta em levada blues emendada com While My Guitar Gently Weeps, de George Harrison nos Beatles, com direito a um solo de Rodrigo que Eric Clapton, autor do solo original, bateria palmas (acho). O grand finale teve Top Top (Mutantes) em ritmo de pulação generalizada. 



Raphael Romano (escaleta), Pompeo Pelosi (washboard), Guilher Schwab (guitarra)

Após mais alguns chamados de amor e paz, o Circo foi transportado para Woodstock com With A Little Help From My Friends, dos Beatles, no arranjo apresentado no festival pelo então iniciante Joe Cocker, um tributo a ele que nos deixou em dezembro de 2014.  Rodrigo até se saiu bem naquele grito rouco e louco do original. Repertório impecável, banda afiada, dois grandes intérpretes, uma grande noite, mais uma sob a lona mágica do Circo Voador.

SETLIST
1- Somente nela – Moska 
2- Bom começo - Suricato
3- Diante de qualquer nariz - Suricato
4- Lágrimas de diamantes – Moska 5- Inseparáveis – Suricato
6- A seta e o alvo – Moska
7- Quantas vidas Você Tem –  Moska
8- Um Tanto - Suricato
9- Pensando em você -  Moska Muito Pouco
10- Bobagens - Suricato
11- Sem dizer adeus – Moska Mobile 2006
12- Eu não amo todo dia - Suricato
13- Trem - Suricato
14- Último Dia - Moska
15- Pra tudo acontecer - Suricato
16- Móbile - Moska
17- Gui Solo/Quando a maré encher
18- Talvez – Suricato
BIS
19- Nada vai mudar isso/ While my guitar  gently weeps- Moska/Beatles
20 - Top Top - Mutantes
21 – With a little help from my friends - Beatles

Nenhum comentário:

Postar um comentário